Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Você quer saber tudo sobre Plugins VST? Acompanhe esse artigo que temos todas as informações sobre essa tecnologia para você.

Escrito por Adriano

Em 09/25/2020
"

Leia Mais

Se você tem um home studio ou teve qualquer contato com um, já deve ter visto ou ouvido falar sobre os plugins VST. Esses softwares tem se tornado uma saída cada vez melhor para quem não tem muito dinheiro pra investir, nem espaço para colocar a grande quantidade de equipamentos usados em gravação e mixagem.

Os plugins VST foram desenvolvidos para substituir os equipamentos físicos, após as mudanças sofridas pelo processo de gravação, causadas dela evolução tecnológica. Eles podem ser usados, tanto antes quanto depois da gravação de áudio, dando ao produtor a possibilidade de escolher mixar na entrada ou na saída da master.

A maior vantagem dos plugins VST, certamente, é poder caber em um computador. Imagine o tamanho do espaço necessário para colocar vários tipos de equalizadores, compressores, amplificadores, gates e tudo mais que se usa no tratamento de áudio. Em um home studio seria impossível ter tanta coisa, principalmente aqueles menores que são montados em um cômodo da casa.

Outra grande vantagem é o preço, pois os desenvolvedores vendem pacotes completos com vários tipos de plugins VST por um preço, muitas vezes, menor do que um único equipamento analógico. Sendo assim, você pode ter todos os itens de mixagem no seu computador, pelo preço de um equalizador gráfico, por exemplo.

Mas o que de fato é o VST?

steinberg vst 3 7 sdk 1024x565 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

O VST (Virtual Studio Technology) é, como o próprio nome diz, uma tecnologia virtual de studio. É uma interface digital desenvolvida pela Steinberg em 1996, com o objetivo de integrar sintetizadores e efeitos com editores e dispositivos de áudio digital.

Essa tecnologia foi desenvolvida inicialmente para as DAW’s da Steninberg, Nuendo e Cubase, mas passou a ser licenciada para outros softwares posteriormente. Hoje, é praticamente regra em qualquer DAW ter suporte à tecnologia VST. É possível encontrar essa tecnologia até mesmo em editores de áudio mais simples e gratuitos, como o Wavepad ou o OceanAudio, por exemplo.

Com o tempo o VST passou a não apenas integrar os sintetizadores e efeitos, mas substituí-los, popularizando os plugins como conhecemos hoje. O que antes era ligado a um sintetizador, hoje pode ser controlado até mesmo pelo teclado do computador. Isso foi possível graças à integração com a Tecnologia MIDI, ocorrida em 1999.

Se você quiser saber tudo sobre MIDI, temos um artigo completo sobre O que é MIDI, outra tecnologia que foi criada há muito tempo e que hoje é de grande importância, tanto no studio quanto no palco.

Outra melhoria que ocorreu mais tarde foi o desenvolvimento do VSTi, os conhecidos Instrumentos Virtuais. Com isso, os produtores passaram a poder simular sons de instrumentos acústicos, como piano e bateria, ou até mesmo orquestras e corais. Isso veio a se tornar ainda mais importante com a popularização dos home studios pelo mundo.

Principais tipos de plugins VST

Best Free VST 1024x535 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Atualmente, existe uma infinidade de Plugins VST no mercado, com as mais variadas funções e características. No entanto, existem tipos que são mais conhecidos e usados. Na verdade, estamos falando de categorias que englobam uma gigantesca variedade de plugins com características comuns.

Inicialmente, os Plugins VST foram desenvolvidos para substituir equalizadores, compressores, limiters e gates. Porém, mais tarde, eles passaram a emular praticamente tudo o que existe em equipamentos de áudio, desde um simples equalizador até um analisador de espectro completo.

Podemos citar como as principais categorias de plugins VST os equalizadores, compressores, moduladores, amplificadores, instrumentos virtuais e plugins para vocal. A seguir vamos falar um pouco sobre essas categorias e mostrar alguns exemplos de plugins que podem ser encontrados facilmente com uma rápida pesquisa na internet.

1. Plugins de equalizador – de 03 a 30 bandas de equalização

geq graphic equalizer classic - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Pra começar a nossa lista, os plugins de equalizador são responsáveis, como o nome já diz, pela equalização das frequências do áudio. Esse plugin VST foi desenvolvido com base nos equalizadores analógicos dos mais variados tipos. Desde os valvulados que trabalham apenas três bandas de equalização, a equalizadores gráficos de 30 bandas que oferecem muito mais opções de detalhe na equalização.

Um exemplo de equalizador simples, é o T-Racks EQP-1A, da empresa IK Multimedia, que foi inspirado no lendário equalizador Pultec da Universal Audio. Para um mais completo, temos o GEQ-30 Classic, da empresa Waves, inspirado nos equalizadores gráficos desenvolvidos por várias marcas como a Behringer, Oneal, Staner etc.

Mas, claro que além desses, existem muitos outros plugins de equalizadores, baseados em equipamentos mais antigos e mais modernos. Em um processo de mixagem, é comum usar mais de um tipo de equalizador, com mais ou menos bandas, para se trabalhar em frequências específicas do áudio. Por isso, essa variedade de Plugins VST desse tipo vem bem a calhar.

2. Plugins de compressão – compressores, gates e limiters e mais

puigchild 670 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

No caso da compressão, os plugins VST se dividem em compressores, limiters, gates, De Esser, e vários outros que atuam diretamente na atenuação ou acentuação da dinâmica do áudio. Existem compressores com funcionalidades bem simples. Por exemplo, o CLA2A da Waves, baseado no Teletronix LA2A, um compressor analógico amado por aqueles que gostam de produzir uma sonoridade mais quente ou vintage.

Porém, os desenvolvedores também oferecem plugins de compressão mais modernos e com mais funcionalidades, como por exemplo o T-Racks Quad Comp , da IK Multimedia. Um compressor digital multibanda que oferece mais detalhes de compressão ao usuário.

Há também a opção de plugins VST de compressão multifunções, que trazem compressor, limiter e De Esser no mesmo plugin. Um exemplo é o CLA MixHub, da Waves, que traz, além dos plugins mencionados acima, um equalizador. Outro exemplo são os racks SSL, oferecidos também pela Waves.

3. Moduladores – uma variedade de efeitos para dar mais beleza ao som

cla effects - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Em relação aos moduladores, estamos falando dos efeitos que criam a ambientação do som, para que o ouvinte não tenha aquela sensação de um áudio seco, sem brilho e desconfortável. Os mais populares entre esses plugins sãos os Revebs e Delays.

Esses efeitos são usados na mixagem de todos os itens, desde a bateria até os vocais. É interessante ressaltar que, nesse caso, não estamos falando da emulação apenas de equipamentos, mas de ambientes de gravação, como salas, câmaras e studios. Um bom reverb, por exemplo, é aquele som captado naturalmente em uma sala ampla com microfones posicionados em pontos estratégicos.

Com os Plugins VST de modulação, um produtor consegue essa sonoridade com apenas um clique no seu home studio. Um bom exemplo de modulador é o CLA Effects, da Waves, que traz Delays, Reverbs e outros efeitos no mesmo plugin. Outra vantagem desse plugin da Waves é que o pacote traz versões personalizadas do CLA para tipos específicos de gravações. É possível ter uma versão específica para usar com violão, guitarra, voz, baixo etc.

4. Amplificadores – o som desejado para guitarra e contrabaixo

amplitube vst plugin 1024x420 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Já pensou em ter os melhores amplificadores do mundo para gravar suas guitarras? Com os plugins VST de amplificadores, você pode. Esses plugins simulam uma infinidade de amplificadores de praticamente todas as marcas e modelos disponíveis no mundo inteiro.

O mais popular deles é o Amplitube da IK Multimedia que oferece diferentes pacotes de amplificadores, separados por marca, estilo musical e até mesmo por músicos famosos, como o Joe Satriani e o Slash. Mas, não estamos falando apenas de amplificadores famosos.

O Amplitube oferece set ups de pedais completos, de marcas famosas e timbres conhecidos. Assim, o guitarrista pode montar sua cadeia de efeitos a seu gosto. E mais, não são apenas os guitarristas que podem desfrutar disso. O Amplitube oferece amplificadores de contrabaixo famosas, como o Ampeg, por exemplo. É um plugin simplesmente completo.

No entanto, o Amplitube não é o único a oferecer amplificadores em plugins VST, a Waves também oferece os seus. O GTR Solo é, também, uma ótima opção para guitarristas e baixistas. Assim como essas duas empresas, que estão entre as mais populares do mercado, existem outras que se dedicam a desenvolver plugins VST de amplificadores. Podemos citar a STL Tones e a Neural DSP como bons exemplos de especialistas em VST’s de amplificadores.

5. Instrumentos virtuais – o parque de diversões do músico em home studio

instrumentos virtuais 1024x576 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Se tem uma coisas boa que a tecnologia VST trouxe, certamente são os instrumentos virtuais (VSTi). Com eles, um músico pode ter, em seu home studio, baterias completas, orquestras inteiras, os melhores pianos e muito mais. Tudo isso sem precisar de um espaço gigantesco, nem de milhões de dólares para investir.

Essa categoria de Plugins VST veio para ajudar, sobretudo a quem tem home studio. Claro que no início eles não tinham sons tão fiéis aos instrumentos reais, por isso, era muito fácil identificar uma música que fosse gravada com VSTi. No entanto, a evolução tecnológica deixou esse problema no passado. Hoje, os VSTi são produzidos com gravação em studio, ou seja, é o som real de um instrumento de verdade. Assim, dá para controlar até a dinâmica da execução do instrumento.

O VSTi mais popular entre os produtores é, sem dúvida, o de bateria. Afinal, conseguir um bom resultado de uma gravação de bateria, em um ambiente não tratado acusticamente, não é uma tarefa fácil. Por isso, os produtores optam por usar uma bateria virtual. Os plugins VSTi de bateria mais conhecidos são o Ez Drummer, o Superior Drummer e o Addictive Drums.

Existem tantas opções de Instrumentos virtuais que precisaríamos de um artigo inteiro para falar deles. Mas, resumindo, você pode ter tudo o que precisa em instrumentos musicais, desde um sintetizador eletrônico a um coral lírico. Uma boa opção é o Kontakt, que já traz uma variedade gigantesca de instrumentos em suas bibliotecas, tudo no mesmo plugin.

6. Plugins para vocal – da correção de afinação aos efeitos de simulação

plugin para vocal - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Talvez, uma seção nesse artigo também seja pouco para falar da grande quantidade de plugins VST desenvolvidos para vocal. Mas, vamos falar sobre os principais deles, os afinadores e os moduladores.

Os afinadores, ou pitch correctors, são plugins desenvolvidos para corrigir pequenos erros de afinação na voz. Eles podem fazer isso automaticamente, em tempo real, ou de forma manual, após a voz gravada. Os dois mais populares são o Celemony Melodyne e o AutoTune Vocal Studio.

Além dos afinadores, temos os moduladores vocais e os harmonizadores. Esses são aqueles plugins que colocam efeitos divertidos como vozes de robô ou monstro, também servem para criar nuances vocais diferentes, como efeitos de rádio, ping pong e uma infinidade de coisas. Os harmonizadores, seguem a sugestão do nome, servem para acrescentar mais vozes em harmonia, criando duetos e até corais.

Outras categorias de plugins VST

mixagem - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Além das categorias que mencionamos acima, existem muitas outras que valem a pena testar. Uma delas é a de masterizadores. Esses plugins oferecem racks com os principais plugins usados em processos de masterização, já com pré configurações baseadas em estilos musicais populares.

Um bom exemplo desse tipo de plugin é o Lurssen Mastering, um plugin sensacional que pode ser uma boa ferramenta para quem ainda não domina totalmente a masterização. O único perigo dele é viciar o produtor, devido à sua facilidade de operação. Então tenha em mente que ele deve ser usado como referência para suas masterizações, não como seu masterizador automático.

Basta pesquisar um pouco e você verá que existe um mundo de plugins VST à sua disposição. É só escolher os que precisa e montar seu set up virtual.

Principais desenvolvedores

VTS0000 1024x576 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

A Steinberg revolucionou o mundo da produção de áudio com a criação da tecnologia VST. Mas, embora ainda desenvolva muitas novidades atualmente, ela não é a única empresa a desenvolver plugins VSt com excelência. Com a expansão do mercado, outras empresas se especializaram na criação dessas ferramentas.

A Waves á uma empresa que merece estar entre os principais desenvolvedores de Plugins VST atualmente. Sua equipe de engenheiros desenvolve continuamente plugins para absolutamente todo tipo de aplicação. De equalizadores simples a instrumentos virtuais complexos, a Waves oferece soluções em todas as categorias existentes.

Outra empresa que precisa ser mencionada nesse post é a IK Multimedia. Essa empresa se dedica, não apenas ao desenvolvimento de plugins VST, mas de equipamentos físicos para controlá-los. Controladores MIDI de alta performance e pedaleiras específicas para amplitube são exemplos desses equipamentos.

Por fim, uma empresa especializada na criação de instrumentos virtuais, a Native Instruments oferece uma gama desses plugins. De baterias e orquestras a corais e sintetizadores, eles produzem tudo. Não podemos esquecer do Kontakt, que é o pacote de instrumentos virtuais mais usado no mundo.

Considerações finais

Bom, agora você pode dizer que sabe praticamente tudo sobre plugins VST. Claro que não falamos todas as coisas sobre essa tecnologia, mas temos certeza de que você entende bastante sobre o assunto agora. O que falta é apenas montar seu set up virtual e começar a trabalhar em seu home studio.

No entanto, para isso, é necessário adquirir mais conhecimento e o Portal da Produção é o lugar certo para isso. No Portal da Produção, você pode ter acesso a cursos completos de gravação, mixagem, masterização e muitos outros processos em home studio que fazem uso de plugins VST.

Cursos específicos para Kontakt e Addictive Drums estão disponíveis, e muitos outros cursos, 18 no total, por um investimento de apenas R$ 1,36 por dia. É uma grande oportunidade. Além disso, você também pode ter acesso a conteúdos gratuitos, incluindo packs de plugins para você já usar nas suas produções. Não deixe de acessar.

Portal da produção 1024x543 - Plugins VST: saiba tudo sobre eles nesse guia completo

Baixe Conteúdos Grátis!

Aulas, Plugins, Multitracks, Instrumentos para Kontakt e muito mais…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *